fbpx

Fique por dentro

Acompanhe as novidades do ramo da moda e nossas informações.

3240975 3240975

Roupas inteligentes prometem melhorar exercícios físicos em tempo real

A promessa é que elas ajudem no desempenho através de sensores de dados. O outfit com inteligência artificial é uma das maiores novidades no mundo do fitness e do esporte.

Imagine se você pudesse vestir um look esportivo capaz de te fazer chutar uma bola tão bem quanto Lionel Messi ou jogar tênis fazendo movimentos dignos de uma Serena Williams? Bom, pode ser que você não consiga chegar de verdade ao resultado alcançado por esses atletas de ponta, mas o mercado de roupas esportivas deve sofrer uma virada tecnológica capaz de impactar nossas vidas muito, mas muito em breve.

A grande novidade do setor responde pela criação de ROUPAS INTELIGENTES que carregam sensores de inteligência artificial capazes de corrigir nossos movimentos em tempo real. Eles estão ligados à biomecânica do corpo e à forma física e vão muito além do que propõem hoje os relógios inteligentes, capazes de medir somente nossa quantidade de passos, calorias perdidas e batidas cardíacas.

Uma das empresas que já trabalha em cima disso é a americana Asensei, startup do Vale do Silício com sede em São Francisco. A ideia dela é transformar aquela sua camiseta de corrida em um personal trainer digital, segundo promete Steven Webster, de 46 anos, co-fundador do negócio.

Em entrevista para o site de tecnologia Fast Company, ele conta que as roupas inteligentes poderão servir para praticamente todo tipo de atividade física: “Qualquer esporte em que postura, técnica, timing e forma são importantes serão aqueles com os quais poderemos trabalhar”, diz ele.

Imagem meramente ilustrativa

O primeiro produto lançado por ele é um aplicativo de Coaching de Remo Conectado, baseado em telemetria. O app registra dados de movimento e força para fornecer ao usuário feedbacks em áudio e vídeo sobre a forma e o ritmo mais adequados para praticar o remo. Você só precisa conectar seu smartphone na máquina do remo e a voz, via inteligência artificial, fará as correções necessárias indicando as melhores técnicas e comentando seus resultados.

O FIM DO PERSONAL TRAINER COMO O CONHECEMOS?

A chegada da Inteligência Artificial tão próxima do corpo humano segue a lógica da ciborguização da vida humana, uma das tendências de comportamento que quem estuda o Futurismo já está familiarizado.

Isso quer dizer que vai ficar mais perto (e mais comum também) o uso de tecnologia para melhorar nossas capacidades humanas. A própria Asensei planeja criar uma roupa vestível que pode corrigir sua postura e seu movimento mesmo fora do campo esportivo.

A tal “smart (app) arel” estará em camisas e calças. Sentar-se de forma corcunda, nunca mais – é o que a empresa promete.

O valor de US$349 é considerado caro e o aplicativo poderá ser comprado ainda no primeiro semestre de 2020. Programas de ioga e treinamento de força estarão disponíveis.

É fato que a indústria de saúde e fitness é uma das mais movimentadas do mundo atualmente. Só nos Estados Unidos, mobiliza cerca de 30 bilhões de dólares e em potencial ainda de expansão, segundo informa a Fast Company.

Outras marcas também estão de olho nesse mercado de roupas esportivas inteligentes. Entre elas estão Simi, Dari Motion e Physimax, desconhecidas de nós, brasileiros, mas já usadas por treinadores de equipes de elite mundo afora.

Estas ainda precisam de rastreamento óptico. Uma calça de ioga de uma dessas empresas merece destaque: ela vibra na região da sua perna que estiver realizando o movimento de forma errada. Já pensou?

“Acreditamos que construímos uma tecnologia que permitirá a cada pessoa que frequenta uma academia ter um personal trainer quando estiver se exercitando”, diz Dhananja Jayalath, co-fundadora da Athos, empresa concorrente da Asensei.

E você, já está preparado para essa mudança?

Compartilhe