Meio ambiente e Responsabilidade Social

Preservar os recursos naturais e cuidar das pessoas, nossos grandes focos

raccolta-differenziata-milano-50-per-cento-2 raccolta-differenziata-milano-50-per-cento-2

Coleta Seletiva

A coleta seletiva é o método de otimização dos processos de destinação adequada do lixo. Sua importância é justamente a redução dos impactos ambientais do consumo. Quando separamos o lixo (ou o que sobrou do que consumimos), facilitamos muito o seu tratamento e diminuímos as chances de impactos nocivos para o ambiente e para a saúde da vida no planeta, incluindo a vida humana.

A Kohler & Cia separa todo o lixo que produz. Para cada material, há uma empresa diferente que vem até o parque fabril para retirar e reaproveitá-lo da melhor forma. Papel, plástico, metal e vidro são reciclados e viram novos materiais no futuro. Confira abaixo importantes itens que envolvem a coleta seletiva:

• A coleta seletiva auxilia na reciclagem de diversos tipos de materiais que seriam descartados em lixões e aterros;

• Os materiais são separados por tipos (plástico, papel, vidro, metais, orgânico, etc), sendo, cada resíduo, destinado a um processo independente de reciclagem;

• Sem essa separação e coleta seletiva não é possível reciclar nenhum material que é recolhido pelo serviço de coleta de lixo urbano comum das prefeituras;

• Todo esse processo envolve uma economia, indústrias e colaboradores são beneficiados com geração de lucro e postos de trabalho;

• Os processos de reciclagem, de modo geral, geram novamente uma matéria-prima de qualidade para ser reutilizada e exige menos desperdício de água e energia;

• Com os materiais recicláveis em mãos, o homem não necessita retirar recursos na natureza;

• A coleta seletiva ajuda a aumentar a conscientização da população em relação ao consumo sustentável e a preservação do meio ambiente;

• Com a coleta seletiva todos os resíduos são devidamente descartados e evitam a poluição do solo e lençóis freáticos, além de evitar a poluição das ruas e esgotos que podem causar enchentes e, consequentemente, grandes prejuízos aos cofres públicos e aos moradores das cidades.

Compartilhe